MENU

Cartões pré-pagos - Sabe quais as vantagens de os utilizar?

Cada vez mais se ouve falar dos cartões pré-pagos, contudo, a verdade é que a grande maioria das pessoas não sabe muito bem como é que este tipo de cartão funciona.

De forma resumida, trata-se de um cartão que para ser utilizado necessita de ser carregado (por norma com um mínimo de 10€). Depois desse carregamento pode utilizar o mesmo para a realização de qualquer compra (seja numa loja física ou online).

Mas vamos explicar-lhe de seguida como é que tudo funciona, e quais as principais vantagens e desvantagens de utilizar os cartões pré-pagos.

Como funcionam os cartões pré-pagos

De forma simples, e tal como dissemos anteriormente, o primeiro passo para começar a utilizar um cartão pré-pago passa essencialmente por deslocar-se a um banco e fazer a solicitação do seu cartão (o mesmo tem um custo associado que varia de banco para banco).

Na mesma altura que realiza o seu pedido, irá fazer o primeiro carregamento, sendo o valor do mesmo aquele que achar necessário. É ainda importante frisar que a grande maioria dos cartões pré-pagos tem um limite diário de movimentação de 150€ (sendo também este o valor total que poderá estar disponível no cartão).

Uma boa forma de perceber o seu funcionamento, passa por comparar o cartão pré-pago do banco, com um cartão de telecomunicações. Ou seja, carrega, e utiliza enquanto tiver saldo disponível. Depois do saldo se esgotar terá de o carregar novamente.

Este carregamento pode ser feito diretamente no banco, num multibanco, no homebanking ou até como se fosse o pagamento de um serviço (alguns cartões pré-pagos dispõem de uma entidade e referência que pode ser utilizada para pagamentos).

Quais as principais vantagens dos cartões pré-pagos?

Pois bem, tal como em tudo na vida existem vantagens e desvantagens em utilizar os cartões pré-pagos, contudo, iremos focar-nos nas suas principais vantagens.

1 – Colocar a vida financeira em ordem

Com o cartão pré-pago não pode utilizar mais dinheiro do que o valor que foi previamente carregado. Na prática, isso significa que não há risco de ficar com a conta a zeros, e pagar juros.

Além disso, é uma boa forma de ensinar os seus filhos a utilizar um cartão multibanco sem ter medo que o plafond do mesmo seja gasto na totalidade de uma vez (ou seja, pode ir carregando por exemplo a semanada e quando o dinheiro terminar não carrega mais até à próxima semanada).

2 - Fazer compras online quando não tem cartão de crédito

Como muitos sites não permitem que as compras sejam efetuadas usando o cartão de débito e o cartão pré-pago possui uma bandeira, assim como o cartão de crédito, quem não tem conta bancária ou não tem cartão de crédito pode utilizar o pré-pago para compras em e-commerce e pagamento de assinaturas de serviços online.

Estas forma de pagamento torna as suas compras mais seguras já que pode definir o plafond para as suas compras antes de começar a utilizar os cartões pré-pagos.

3 -  Segurança em viagens internacionais

A grande maioria dos cartões podem ser carregados com recursos a moedas estrangeiras, por isso os mesmos são uma boa forma de não precisar levar o dinheiro da viagem necessariamente em espécie.

Além disso, ao utilizar o cartão de crédito está sujeito à variação cambial entre o momento da compra e a emissão da fatura, algo que não ocorre com os cartões pré-pagos pré-pago. Certifique-se apenas de escolher um que possa ser utilizado forma de Portugal.

Como vê, ainda são algumas as vantagens de optar por um cartão de crédito pré-pago, por isso, se neste momento está a ponderar esta alternativa, saiba que existe no mercado português uma ampla gama de cartões pré-pagos por onde escolher.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.